quarta-feira, 6 de julho de 2011

Segundo dia de paralisação

Quem duvidava que nós, trabalhadores do SANEP, teríamos condições de fazer uma paralisação viu, ontem e hoje, nossa capacidade de organização e o tamanho de nossa força de mobilização.

Buscamos o diálogo desde 23 de maio e não conseguimos um tratamento digno por parte do Executivo Municipal. Quando decidimos paralisar, o Prefeito acena com a possibilidade de nos receber, desde que cancelássemos o movimento. Tarde demais!

A Categoria mostrou, nesses dois dias, que só aceita tratamento digno de pessoas cujo trabalho tem importância vital para a saúde e o bem estar dessa cidade. Não pedimos nada de que não tenhamos direito. Somos servidores públicos e o administrador tem obrigação de nos receber e de negociar conosco.

Hoje, na Câmara, o Ver. Dionísio informou que o Prefeito não irá nos receber com a pauta trancada. Se essa for uma decisão definitiva, sentimos muito, mas teremos que tomar atitudes mais sérias, mostrando que não somos joguetes nas mãos de um administrador intransigente.

O SANEP tem receita própria e condições de atender as nossas reivindicações sem comprometer a quota da folha na Lei de Responsabilidade Fiscal. Nós, por outro lado, temos a nossa força de trabalho, que é a nossa moeda de troca nessa tentativa de negociação.

Colegas, na sexta-feira, 08/07, às 10h, todos no auditório do Colégio Pelotense para mais uma assembleia!

CATEGORIA UNIDA, CATEGORIA RESPEITADA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!