sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Reunião para tratar do "desconto das horas" e da representação sindical

A chegada dos contra-cheques com o desconto não esclarecido das horas gerou revolta por todos os cantos do SANEP. Por isso, resolvemos tomar a frente nessa questão e chamar uma reunião com a presença do advogado que está prestando assessoria jurídica ao grupo. Precisamos saber o que é legal, o que é ilegal e o que podemos fazer para não sermos mais prejudicados nessa situação.

Para qualquer ação coletiva na justiça, o advogado necessitará de autorização. Sendo assim, dependendo do que for decidido na reunião, talvez venhamos a precisar das cópias dos documentos dos interessados.

Também entendemos que não se pode esperar mais nada dessa diretoria do Sindicato e, conforme anunciado na postagem de quarta-feira, daremos início ao processo de solicitação de Assembleia Geral a fim de destituir os atuais diretores e encaminhar nova eleição.

Contamos com todos. É importante que, mesmo quem não é sócio do Sindicato, mas como parte da categoria, quer ser representado por pessoas comprometidas com os funcionários, se faça presente e demonstre seu apoio a essa causa.

Abaixo, o convite.

Convidamos todos os colegas do SANEP para reunião.

Assuntos:

Horas descontadas no pagamento de Outubro.

Providências quanto à destituição da Diretoria do SINSAPEL.

Quando:

01 de novembro - terça-feira, às 19h.

(adiamento em função da presença do advogado)

Onde:

João Pessoa, 260

(Garagem do Renato).

Obs.: levar cópia da RG, CPF e Matrícula.

É muito importante a presença de todos.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Ainda sobre a greve

Na postagem "Estamos de volta", de 19 de setembro, tratamos de alguns aspectos positivos da greve. Porém, algumas situações colocaram em risco o movimento, como a falta de respaldo financeiro por parte da Direção do Sindicato. Todas as despesas da greve correram por conta de colaborações dos trabalhadores e da ação entre amigos que realizamos. Até hoje, não sabemos como é gerido financeiramente o Sindicato, pois não há prestação de contas e nem Conselho Fiscal. O que é feito do nosso dinheiro, se ele não aparece quando mais se precisa dele?

A falta de confiança da categoria em relação à Direção do Sindicato, também foi outro problema que se agravava quando não se tinha a presença da assessoria jurídica em situações limite, como os conflitos no lixo ou nas mesas de negociações.

Mas, sem dúvida, a questão das horas paradas é o que nos atinge de forma mais contundente. Comunicamos, aqui, que, durante as negociações, não foi feito acordo de compensação de horas, por uma simples razão: a categoria não aceitou isso e, caso fizéssemos qualquer acordo nesse sentido, não poderíamos entrar na justiça requerendo o abono dos dias parados.

O desconto das horas, o atraso do vale alimentação durante a greve, as ameaças aos encarregados e ao pessoal em estágio probatório foram estratégias para derrubar o movimento, para tirar a nossa força. É importante que tenhamos a consciência que um movimento desses não iria ser "engolido" por parte do Executivo. Eles tem o poder nas mãos. E nós, o que temos?

Só nos mantendo unidos e sem nos abalarmos diante das ameaças que poderíamos obter algum sucesso. Entendemos que fomos vitoriosos nesse movimento. Mas, poderíamos ter sido mais, se tivéssemos mantido o movimento firme por mais tempo.

Porém, isso não foi possível, principalmente pela insegurança da categoria em relação à Diretoria do Sindicato, pois, querendo ou não, eles é que são nossos representantes legais.

Essa insegurança se confirma quando dois membros da Diretoria do Sindicato, logo após a greve, conseguem cargos com GF dentro do SANEP. Estranho, não?!

No ano que vem, como será?

Não estávamos nos manifestando a respeito disso até o momento para não prejudicar a categoria com disputas internas, enquanto não se resolvesse o problema das horas paradas. Porém, nunca paramos de trabalhar silenciosamente e comunicamos que voltamos à carga com o mesmo projeto para limpar esse Sindicato. Não adianta se pensar em fazer nada enquanto a Diretoria do SIMSAPEL não for realmente comprometida com a categoria.

O documento de abaixo assinado solicitando a Assembleia Geral começará a circular na primeira semana de novembro.

Contamos com todos!!!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Eleições do Sindicato da Alimentação

Nos dias 27 e 28, ocorrerão as eleições no Sindicato da Alimentação. Comunicamos aos nossos colegas que apoiamos a Chapa 1 - Nossa Luta-, liderada por Lair de Mattos, porque esse grupo tem estado à frente do Sindicato nos últimos anos e tem atuado com honestidade e comprometimento com essa categoria que é uma das mais expressivas do município de Pelotas.

Para que os diretos dos trabalhadores sejam respeitados, é muito importante que o movimento sindical seja forte na cidade e no país. Sem dúvida, devemos lutar para que esse movimento seja cada vez mais atuante e temos o dever de evitar que os sindicatos sejam tomados por forças patronais, por grupos que tem por objetivo neutralizar os verdadeiros representantes dos trabalhadores.

Nós não atuamos na área da alimentação, mas, com certeza, temos parentes, amigos e vizinhos que fazem parte dessa categoria. Sendo assim, nosso apoio é muito importante e pode fazer diferença nesse pleito.

Dias 27 e 28/10, para o Sindicato da Alimentação,

Chapa 1 - Nossa Luta!