segunda-feira, 19 de março de 2012

Governo oferece 4,53%

Hoje, na assembleia geral foi encaminhada a contraproposta do Executivo: apenas 4,53%.

A comissão de negociações da categoria fez uma análise da evolução dos salários do SANEP nos últimos 10 anos, comparando com os aumentos do salário mínimo, das tarifas de água e esgoto do SANEP e com a arrecadação do sanep. Veja os quadros abaixo, elaborados com base em dados pesquisados no site da Transparência da PMP e no site do Tribunal de Contas do Estado do RS:

Em R$:

ANO

SALÁRIO MÍNIMO

SALÁRIO SANEP NÍVEL 1

TARIFAS DE ÁGUA E ESGOTO CLASSE 1 MAD.

ARRECADAÇÃO SANEP

2002

R$ 200,00

R$ 318,63

R$ 6,70

R$ 28.543.139,00

2003

R$ 240,00

R$ 352,55

R$ 8,10

R$ 31.650.341,51

2004

R$ 260,00

R$ 386,98

R$ 8,70

R$ 35.397.620,23

2005

R$ 300,00

R$ 424,87

R$ 9,20

R$ 37.184.880,57

*

2006

R$ 350,00

R$ 446,20

R$ 9,49

R$ 38.972.140,90

2007

R$ 380,00

R$ 464,05

R$ 10,08

R$ 42.826.862,43

2008

R$ 415,00

R$ 491,43

R$ 11,30

R$ 47.728.260,65

2009

R$ 465,00

R$ 518,61

R$ 11,80

R$ 52.475.575,51

2010

R$ 510,00

R$ 549,72

R$ 12,80

R$ 57.356.887,02

2011

R$ 545,00

R$ 598,10

R$ 13,70

R$ 62.383.911,59

2012

R$ 622,00

*Valor não disponível no site do TCE RS - calculado pela média entre o anterior e o posterior.

Em percentuais:

ANO

SALÁRIO MÍNIMO

SALÁRIO SANEP NÍVEL 1

TARIFAS DE ÁGUA E ESGOTO

ARRECADAÇÃO SANEP

2002

11,00%

6,00%

33,96%

2003

20,00%

10,70%

20,13%

10,89%

2004

8,33%

9,80%

6,67%

11,84%

2005

15,38%

9,80%

6,36%

5,05%

2006

16,67%

5,00%

3,15%

4,81%

2007

8,58%

4,00%

6,28%

9,89%

2008

9,21%

5,90%

12,23%

11,44%

2009

12,04%

5,53%

4,17%

9,95%

2010

9,68%

6,00%

8,80%

9,30%

2011

6,86%

8,80%

6,95%

8,76%

2012

14,73%

211,00%

87,71%

104,48%

118,56%

Nosso salário foi o que menos cresceu. Além do salário mínimo, aumentou a arrecadação do SANEP e o valor das tarifas de água, em índices bem maiores do que o nosso salário.

Além disso, conforme o site do TCU, as despesas com pessoal comprometem, em média, 44,18% da Receita Corrente Líquida, enquanto que a Lei de Responsabilidade Fiscal permite o comprometimento de até 60%.

Isso significa que o SANEP, dentro da sua arrecadação, pode nos oferecer índices mais dignos do que esse “deboche” de 4,53%.

A categoria, em assembleia, não aceitou os 4,53% e continua buscando os 21,22%.

Ficou marcada nova etapa da ASSEMBLEIA PARA QUARTA-FEIRA, 21/03/2012, às 9H, em local a ser confirmado pela direção do Sindicato. E já foi solicitada uma reunião com o Executivo para antes de quarta-feira.

Temos que nos conscientizar de que:

O que menos evoluiu nos últimos 10 anos foi o nosso salário.

E nos perguntarmos:

Daqui a 10 anos, qual será a nossa situação?

O que vamos fazer para diminuir as perdas que se acumulam?

Todos na assembléia!

Quarta-feira - 21/03/2012

Às 09h

(Local a ser confirmado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!